Como deseja visualizar o blog?
Posts encurtados
Posts completos

77 posts encontrados na categoria dicas

Listei abaixo 10 séries leves para ver na Netflix durante a quarentena. Espero que essas séries deixem seus dias um pouco melhores, um momento divertido, feliz e leve.

Não coloquei Friends na lista para tentar fugir um pouco do clichê, até por que todo mundo já conhece, né? E é sempre uma boa opção para (re)maratonar ou assistir enquanto faz alguma refeição, hahaha… 🙆🏻

Veja aqui as melhores comédias românticas disponíveis na Amazon Prime!

Confesso que as últimas três indicações destoam um pouco das demais indicações, mas elas são tão envolventes e eu gosto tanto, que decidi colocá-las neste lista. 😁

1. Modern Family

“Modern Family” mostra o dia a dia de três famílias completamente diferentes. No primeiro episódio, depois de conhecer um pouquinho de cada uma, você tem um pequeno choque ao descobrir que se trata UMA grande família.

São episódios curtos, leves e com muito humor, que provocam algumas lágrimas de felicidade na gente e passa uma ou outra mensagem que toca o nosso coração. Eu acho a série cheia de pequenos atos de amor, sabe? Fala muito de família (obviamente) e de relações no geral. Muito lindo, leve, cheio de amor e muitas doses de realidade.

2. Good Girls

“Good Girls” conta a história de três mães (sendo duas irmãs e todas amigas de longa data) que estão passando por grandes problemas financeiros e acabam se envolvendo em negócios ilegais e aí é só ladeira abaixo. Assalto. Fraude. Drogas. Tráfico. Traição. Coerção. Homicídio.

Entretanto, de alguma forma, a conexão com as personagens é tão forte que você se vê torcendo por elas. Acho muito interessante, porque rompe totalmente o imaginário que temos de “bandido” e digo isso tanto em relação aos atributos físicos quanto aos traços de personalidade.

3. Gracie & Frankie

Demorei muito tempo para assistir “Grace & Frankie“, porque sempre achei a sinopse bem chata: dois homens na terceira idade pedem divórcio de suas respectivas esposas e assumem o relacionando um com o outro. Detalhe: Grace e Robert têm duas filhas e Frankie e Sol têm dois filhos. Parece chato, né? Mas eu juro que a série é incrível e rende boas risadas e algumas lições de vida.

Grace e Frankie são completamente diferentes (e me identifico igualmente com as duas 😂😂) e começam juntas e a contragosto uma jornada de autoconhecimento após o divórcio e o choque da sexualidade/relacionamento dos respectivos maridos. Além disso, existem os desafios da terceira idade, que às vezes vêm com o sentimento de solidão. Ahh, também vemos as duas desbravando o mercado e empreendendo e também se relacionando romanticamente com outras pessoas. É uma das séries leves na Netflix que mais amo!

4. Lucifer

Pensa em um personagem sexy. É Lucifer sendo interpretado pelo Tom Ellis! Eu fiquei muito receosa de ver essa série por causa da temática religiosa Deus/Diabo/Céu/Inferno, mas depois de alguns episódios, você vê que é “apenas” uma metáfora sobre bem/mal e como que nós somos exatamente quem somos e que precisamos parar de colocar nossos erros/acertos na conta de outra “pessoa”.

Enfim, tirando esse papo filosófico (não resisto, hahaha), Lucifer está tirando férias por tempo indeterminado na Terra, aproveitando adoidado, até que começa a se envolver nas resoluções de casos policiais (amoooo) e a se apaixonar pela detetive que não “cai” em seus encantos.

Olha, gente… só assistam. É envolvente, fofo (pois é, menina! 😳), romântico, sensual e ainda tem ação para deixar tudo mais interessante!

5. Gilmore Girls

“Gilmore Girls” mostra o dia a dia e a relação especial de Lorelay e Rory, mãe e filha que às vezes invertem os papéis.

Obviamente, temos doses de humor, romance, relações familiares mal resolvidas, as dificuldades de uma mãe criar sozinha uma filha… É uma série que eu gosto muito, mas às vezes dá vontade de sacudir os personagens por tomarem certas atitudes. Definitivamente, as coisas não saem do jeito que queremos, mas é a vida, né?

6. Sex Education

“Sex Education” parece uma série boba de adolescentes descobrindo a sexualidade, mas os dramas acabam tendo dimensões maiores do que a idade dos personagens. Por isso, conseguimos refletir sobre inúmeras questões e também aprender muito com os personagens.

Fala de sexualidade, sexo, relações familiares e sociais, machismo, feminismo, homofobia, preconceitos e mil coisas. Tudo apenas mostrando o dia a dia de adolescentes na escola. Acho muito instrutivo para todos mundo, além de muito envolvente. Recomendo fortemente.

Obs: essa cena das meninas no fundo do ônibus é umas das cenas mais “lindas” e fortes. ❤️

7. Community

Comecei a ver “Community” há pouco tempo e estou na primeira temporada ainda, mas amei muito!

A série se passa em uma universidade comunitária (pública), onde um advogado sem diploma busca seu diploma de maneira fácil. Sem querer, ao tentar conquistar Britta, começa um grupo de estudo bem heterogêneo, mas que de alguma forma se ajustam bem, sabe? Fui conquistada por eles desde o primeiro episódio.

8. Arremesso Final

As próximas indicações fogem do formato “divertido” das séries que falei até agora. Começo com “Arremesso Final” que conta a trajetória da lenda do basquete, Michael Jordan. Ao mesmo tempo, também fala um pouco de outros jogadores importantes, como Pippen, Rodman, Kukoc, Magic Johson e outros.

Mesmo se você não gostar de esporte/basquete, recomendo que veja essa série. É incrível ver a força de vontade, determinação e talento de Michael Jordan. É inspirador ver a sua busca incessante em ser sempre uma versão melhor de si mesmo e se superar. É lindo ver alguém sendo tão extraordinário em algo, seja lá o que for. Isso nos incentiva a desenvolver nossos talentos e nos compelem a nos superar.

9. Luna Nera

Assim como Lucifer, fiquei com um pé atrás com essa série, mas minha amiga me garantiu que não sentiria medo, então decidi ver, rs.

“Luna Nera” conta a história da Inquisição do século XII, que perseguiu “bruxas” e matou milhares de mulheres. A série faz uma mistura perfeita entre história e fantasia.

Enquanto isso, uma jovem e importante bruxa acaba se apaixonando pelo filho do líder que a persegue (foto ao lado). Drama, né? Mas ainda bem que esse romance não toma muito tempo da série, até porque ela é muito maior do que isso. Para mim, se trata da união de mulheres e o sagrado feminino. Além disso, temos um casalzão lésbico maravilhoso.

Ao longo da série, acontecem resgastes dessas bruxas, que dá um quentinho no coração. Em contrapartida, é triste lembrar quantas mulheres foram assassinadas injustamente pela Igreja. Entretanto, é importante lembrarmos desses tempos terríveis e trazê-los para a nossa realidade. O racismo, o machismo, a intolerância religiosa e outros preconceitos que continuam matando pessoas inocentes.

“Por um mundo que caibam todos os mundos.”

10. Sherlock

Todo mundo conhece Sherlock Holmes e Watson, né? Muitos filmes já foram feitos, mas na minha opinião a melhor produção visual até agora é a da série “Sherlock”.

Benedict Cumberbatch é um Sherlock perfeito e, pessoalmente, muito atraente e sexy, hahaha. Bem, eu não sei vocês, mas eu simplesmente não consigo resistir à alguém inteligente, perspicaz, sarcástico e levemente desajustado (acho que sempre vem junto com a inteligência acima da média, hahaha).

Enfim, é isso né, gente? Mistérios sendo resolvidos por um Sherlock extremamente inteligente e “lindo”. Eu assisto a essa série sorrindo de orelha a orelha. 🥰 Para ficar melhor, só se fizessem mais temporadas.

Conta para mim outras séries legais para ver na Netflix! E se já viu alguma dessas séries, comenta aqui o que achou! 😃

Compartilhar

Eu sou a maior fã de comédia romântica, então decidi fazer essa lista com as melhores opções do gênero na Amazon Prime Video. Raramente eu deixou passar alguma comédia romântica e sempre que lançam um novo filme eu já corro para assistir.

Um dos últimos lançamentos que vi foi “Ricos de Amor” na Netflix e eu estava super animada, pois foi um hype enorme na internet e muitas pessoas elogiando muito. Confesso que nem consegui terminar de ver. Achei o enredo fraco e óbvio demais. Sim, todos sabemos que teremos um ou outro desafio/obstáculo e um final feliz, mas gosto de ver alguma novidade ou pequena reviravolta e isso não acontece em “Ricos de Amor”. Então, fui para o story reclamar (hahahah – me segue lá no instagram) e MUITAS pessoas compartilharam da mesma opinião que eu.

E isso acabou me incentivando ainda mais a elaborar essa lista para vocês e quero outras dicas nos comentários também viu?

10 melhores comédias românticas na Amazon Prime Video

1. Qual seu número?

Ouso a dizer que essa é a minha comédia romântica preferida e se fosse para falar um “defeito” seria a Anna Faris, pois não gosto muito da atuação dela em nada, não sei explicar, rs. Em contrapartida, temos Chris Evans maravilhoso, com uma interpretação impecável e um personagem maneiro demais!

Enfim, esse filme tem humor, romance, um enredo inovador e ainda quebra paradigmas machistas e opressores. Quem gosta desse tipo de gênero já sabe que muitas vezes eles romantizam relacionamentos meio abusivos, né? Isso não acontece nesse filme. De verdade, ele é perfeito e se você nunca viu, veja agora! 😍

2. Casal Improvável

Eu amei muito esse filme e é o meu segundo favorito da vida. Apesar do enredo não ser inovador, eles conseguiram trazer bastante humor para a história, e os personagens são muito bem construídos e interpretados. Afinal, Charlize Theron, né, bebê? E Seth Rogen também arrasou demais! Então, tudo acaba te cativando e te envolvendo à trama, sabe?

Além do humor do início ao fim, vemos um romance mais adulto/maduro e a quebra do paradigma de um “casal bonito”. Olha, eu achei bem fofo, maduro extremamente divertido, vejam! 😄

3. O Lado Bom da Vida

Ai, esse filme… Confesso que empata o primeiro lugar com o primeiro dessa lista. É carregado de humor, aborda doenças psicológicas, quebra as expectativas sociais e retrata a jornada individual de cada um dos personagens principais e também a jornada deles como um casal.

É um romance muito real, que rompe totalmente muitos ideais românticos. Além disso, os personagens também são muito bem construídos e interpretados por Bradley Cooper e Jennifer Lawrence. Então, você logo se vê muito conectada com os personagens. 🥰

Ahh, também indico muito o livro! É lindo!

4. Como Perder Um Homem em 10 Dias

Ahh, aquele tipo de comédia romântica que você fica torcendo pelo casal desde o começo, querendo que eles percebam logo que estão apaixonados um pelo outro. O tipo de filme que te faz suspirar, rir e chorar um pouquinho no fim, o combo clássico de uma comédia romântica.

Só para dar um gostinho para vocês: Ben sai com a Andy porque fez uma aposta no trabalho e Andy sai com Ben para poder escrever uma matéria na revista em que trabalha. Andy leva Ben à quase loucura e aí você precisa ver o resto… hehe.

5. Amor e Outras Drogas

Tem muito tempo que eu vi esse filme, mas eu lembro que me emocionou muito e eu chorei de felicidade no final. É aquele tipo de comédia romântica em que o relacionamento começa pelo sexo. Muito sexo. E aí num determinado pontos, as coisas vão ficando mais românticas e aí vem o medo e o instinto de autopreservação que muitas vezes faz a gente se afastar, né?

No filme, a Anne Hathaway tem um motivo muito específico para não querer se envolver emocionalmente, mas dá para a gente fazer uma analogia com outros motivos mais populares, como repetir erros passados, traumas mal curados…

Enfim, no final, a gente se dá conta de que todo mundo vez ou outra vai precisar da ajuda do outro e isso não nos torna dependentes e também não fere nossa liberdade.

6. Sexo Sem Compromisso

Outro filme que começa com um simples sexo sem compromisso e o amor vai se esgueirando, tropeçando no coração dos dois, insistindo em florescer… É bem bonito e fofo, embora me incomode um pouquinho porque sabemos que a realidade é bem diferente em 99% das vezes, né? Hahaha… Geralmente, na melhor das hipóteses acaba sendo só sexo mesmo e na pior das hipóteses, um acaba com o coração partido.

Entretanto, é gostoso de assistir e dá um quentinho no coração.

7. O Amor Não Tira Férias

São duas histórias de duas mulheres cansadas de relações amorosas fracassadas e acabam tirando uma mini férias e trocando de casa uma com a outra em países diferentes. Então, elas atravessam o oceano a fim de se isolarem, curtirem a própria companhia e darem um tempo para todo e qualquer drama romântico durante essa mini férias, mas “O Amor Não Tira Férias”, né? 😅

A personalidade de cada uma é bem diferente, assim como o drama que vivem e na certa você vai se identificar com uma das duas ou, no meu caso, um pouco das duas, hahaha.

8. Noivas em Guerra

Eu gosto desse filme, porque além dele retratar uma relação amorosa, ele retrata a relação de amizade de duas mulheres desde a infância e seus dois relacionamentos totalmente diferentes, já que as duas têm personalidade bem distintas uma da outra.

Outra coisa que adoro é que a relação amorosa de uma delas acaba não sendo exatamente o que se espera em uma comédia romântica, há uma pequena reviravolta, que eu amo e valorizo muito em comédias românticas. Além disso, há uma amizade em cheque!

9. Casa Comigo?

Eu amo a comédia romântica em que o cara trata a mulher como um ser humano e não como algo a ser conquistado e seduzido. Tudo bem, em alguns momentos, o cara poderia ser mais gentil, mas continua ganhando pontos por manter sua personalidade.

Em contrapartida, Anna está determinada em pedir o namorado em casamento casamento no dia 29 de fevereiro, mas para isso precisa chegar a Dublin a tempo e aí entra o Declan para ajudar nessa missão e a missão não sai tão bem quanto o esperado.

10. Jogos de Amor em Las Vegas

Duas pessoas com personalidades bem distintas, cada uma com uma “bagagem” considerável e que não se gostam, mas acabam se casando em uma noite louca em Las Vegas; clichê, né?

Porém, devido a circunstâncias excepcionais (e irreais, mas deixemos isso de lado hahaha), acabam sendo obrigadas a viverem como um casal por um tempo e aí começa os problemas, implicâncias, incompatibilidades, armadilhas… Não é tão envolvente como os primeiros da lista, mas é um filme leve e gostosinho de assistir. 😊

Conta para mim nos comentários quais outras comédias românticas vocês gostam!

Compartilhar

Vale a pena assinar a Glambox? Depois de 3 anos recebendo a Glambox posso falar com certeza que o custo-benefício compensa. As edições sempre contam com pelo menos um item em tamanho original, todo os produtos são selecionados de acordo com o perfil de beleza que você preenche e fala do seu tipo de pele, textura e cor de cabelo, suas preferências (cuidados com a pele, maquiagem, cabelo, corpo…) e esporadicamente acontecem parcerias incríveis: Mac, Bare Minerals, Niina Secrets, Dazzle, Andreza Goulart…

Você também acumula pontos com o tempo de assinatura, feedback no site dos produtos recebidos, postagem de foto da Glambox com a hashtag, entre outras formas… Aí esses pontos podem ser trocados por produtos no site da Glambox (uma vez eu troquei por um batom lindo da Mac).

É claro que vão ter meses muito melhores que outros, mas de maneira geral, compensa! Sem contar que é uma experiência maravilhosa para conhecer novos produtos; eu mesma já conheci vários queridinhos assim e acho que não conheceria de outra forma. Também acontece de vir produtos de reposição, já deixei de comprar muitos produtos que estava precisando, porque veio na caixinha, hehe. \o/

Ahh, sem contar que é muito legal a expectativa de receber uma caixa recheada de produtos que você não faz ideia! *-*

Se você ainda não se convenceu, vou te dar uma última razão: eu tenho um cupom desconto imperdível! Usando o GLAMDAI na hora de assinar você ganha:

  • R$80 de desconto na assinatura anual (nesse tipo você também ganha presentes extras na minha caixa que receber!)
  • R$60 de desconto na assinatura semestral
  • R$20 de desconto na assinatura mensal

O que você tá esperando? Assine logo a sua também!

Beijos!

Este post não é patrocinado. Alguns dos links são afiliados, ou seja, se você comprar algo após clicar neles eu ganho uma pequena comissão com a venda. Você não perde nada com isso :)

Compartilhar

Hoje eu vim mostrar para vocês um kit de produtos para cabelo cacheado super completo para você cuidar do seu cabelo e deixa-lo sempre lindo, hidratado, definido, brilhante e saudável.

Tentei reduzir ao máximo os produtos, inclusive só coloquei uma máscara no kit para facilitar a vida de vocês. O ideal é uma para cada etapa do cronograma capilar: hidratação, nutrição e reconstrução, mas acho que as minhas escolhas vão funcionar, continue lendo!

No total, a lista conta com sete produtos; todos da Soul Power porque Soul Power é amor, é 100% Free From e é qualidade! <3

  • Shampoo Color Curls Magic Wash: limpa muito bem os fios ao mesmo tempo em que trata o cabelo, pois conta com ingredientes hidratantes e reconstrutores em uma concentração que você pode ficar tranquila com qualquer efeito reverso de reconstrução, viu?
  • Condicionador Magic Help: é tão potente que super faz a vez de uma máscara de hidratação e até nutrição dependendo do quanto de óleo o seu cabelo precisa. No meu, ele é uma hidronutrição perfeita.
  • Máscara Force Mask Bomb: é indicada para quem está em transição capilar e, por isso, é super completa com uma base muito hidratante e rica em nutrientes reconstrutores e também nutritivos. Pode ser usada na rotina diária; eu mesma a usei por um mês inteirinho sem revezar com nenhuma outra, pois queria estimular o crescimento capilar.
  • Óleo Black Blends: é um mix de óleos vegetais ideal para umectações, misturar com a máscara para potencializar o efeito de nutrição, aplicar nas pontas na finalização e/ou entre as lavagens para combater qualquer ressecamento.
  • Creme multifuncional Easy Mix: pode ser usado para tudo mesmo, como co wash, condicionador, máscara de hidratação e creme para pentear… Indico para todas essas funções, ele realmente supera todo o meu vocabulário de elogios.
  • Creme para pentear Curly Styling Cream: é indicado para curvaturas 3ABC, mas acredito que pode funcionar em outras sim, pois a qualidade é inquestionável! Mas, você pode escolher o mais indicado para a sua curvatura ou até mesmo o para transição ou cabelo tingidos… Confesso que eu amo todos eles, mas atualmente estou numa fase de Curly Styling Cream, hihi.
  • Gelatina Curly Gelatine: é a melhor gelatina da vida! Uso na hora da finalização logo depois de aplicar o creme e o no day after com o cabelo levemente umedecido. É sucesso absoluto e não, não deixa efeito de caspinha e os cachos ficam super definidos, soltos, leves e duram por muitos day afters!

Com exceção do shampoo que só é liberado para low poo, todos os outros são liberados também para no poo. Além disso, são cruelty free, veganos, livre de nanopartículas… Afinal, ser 100% Free From é isso! <3

Espero que tenham gostado do post e que tenham te ajudado. Coloquei abaixo alguns vídeos para vocês saberem mais sobre a Soul Power e os produtos:

Beijos!

Compartilhar